Futuro da Indústria de Alimentos e Bebidas: estratégias de negócios para 2024

Futuro da Indústria de Alimentos e Bebidas: estratégias de negócios para 2024

Indústria alimentos e Bebidas

 

A dinâmica do consumo de produtos se transforma a cada dia, e o interesse dos consumidores por alimentos acompanha esse crescimento. Diante disso, a Indústria de Alimentos e Bebidas se depara com o desafio de identificar quais produtos desenvolver e as estratégias para sua atualização. Vale ressaltar que a sustentabilidade e as embalagens ecológicas também se tornaram temas importantes na indústria. As empresas devem inovar e melhorar as embalagens de alimentos do ponto de vista ambiental, evitando o excesso de materiais e a reduzindo a poluição.

Olhando para o futuro, a indústria de alimentos e bebidas se deparará com tendências que enfatizam cada vez mais o valor nutricional, bem como aspectos de saúde e segurança alimentar. Antes de explorar o futuro da indústria alimentar e de bebidas, devemos primeiro compreender como as exigências dos consumidores mudaram:

Qual é a tendência atual para alimentos e bebidas?

1. Dieta à base de plantas

Com as crescentes preocupações com a saúde, a conservação ambiental e o bem-estar, as dietas baseadas em vegetais estão se tornando cada vez mais populares. Isto é especialmente amigável para vegetarianos. As opções dietéticas, como o leite vegetal e os substitutos da carne, não só reduzem a pegada de carbono, mas também oferecem uma nutrição rica, atendendo a diversas preferências alimentares. Portanto, estas dietas à base de plantas serão um importante argumento de venda.

2. Alimentos locais e orgânicos

A preocupação com as questões de segurança alimentar nunca diminuiu, à medida que as pessoas prestam especial atenção à qualidade e segurança dos alimentos. Portanto, os alimentos locais e orgânicos atendem perfeitamente a essa demanda. A introdução de mais ingredientes de origem local e alimentos orgânicos certificados não só garante a qualidade dos alimentos, mas também apoia a agricultura local. Esta pode se tornar uma das tendências em alimentos e bebidas.

3. Bebidas Funcionais

Durante a pandemia, problemas como desidratação tornaram-se mais comuns devido à febre e à tosse. Consequentemente, bebidas funcionais como a água eletrolítica eram particularmente populares naquela época. Hoje em dia, com mais pessoas praticando atividades físicas, a demanda por bebidas funcionais está aumentando. Essas bebidas não apenas saciam a sede dos consumidores, mas também lhes proporcionam nutrição, tornando-se uma tendência na indústria de alimentos e bebidas em 2024.

4. Inovação em embalagens

Com a adoção generalizada de conceitos de proteção ambiental, as pessoas estão a adotar métodos de compras ecológicos, como trazer os seus próprios sacos de compras e evitar o uso de sacos de plástico. Portanto, é urgente inovar nas embalagens de alimentos. A utilização de materiais biodegradáveis, renováveis e recicláveis para embalar alimentos também conquistará o favor dos consumidores.

5. Formatos inovadores de café e chá

O mercado de café e chá prontos para beber está em contínua expansão à medida que as empresas introduzem novos formatos e sabores para cativar a atenção dos consumidores. De cervejas geladas a chás infundidos, a indústria de bebidas está constantemente inovando para atender às diversas demandas dos consumidores atuais. Embalagens criativas, misturas exclusivas e porções convenientes são apenas algumas das estratégias empregadas para melhorar a experiência do consumidor e impulsionar o crescimento neste segmento.

6. A busca dos consumidores por alternativas

Além das ofertas tradicionais de café e chá, há uma tendência notável de explorar alternativas que ofereçam sabor e funcionalidade. Bebidas como o leite dourado, que contém açafrão e outras especiarias, e chás picantes, infundidos com ingredientes como gengibre e canela, estão ganhando popularidade. Essas alternativas não apenas fornecem diversos perfis de sabores, mas também atendem a indivíduos que buscam opções sem cafeína por motivos de saúde ou estilo de vida.

7. Sustentabilidade e Fornecimento Ético

No atual cenário de consumo consciente, a sustentabilidade e o fornecimento ético tornaram-se fatores significativos que impulsionam as decisões de compra. Os consumidores estão cada vez mais interessados no impacto ambiental e nas práticas éticas por trás dos produtos que consomem. Como resultado, há uma procura crescente por alimentos e bebidas provenientes de fontes sustentáveis e produzidos com transparência e responsabilidade. As empresas estão a responder adotando práticas ecológicas, apoiando as comunidades locais e implementando iniciativas de comércio justo para satisfazer estas expectativas.

8. Personalização e Customização

Os avanços na tecnologia, como a impressão 3D e a inteligência artificial, estão revolucionando a forma como os alimentos e bebidas são personalizados e customizados. Essas tecnologias permitem que os fabricantes criem produtos adaptados às preferências individuais, seja ajustando perfis de sabor, composições de nutrientes ou até mesmo designs de embalagens. Desde shakes nutricionais personalizados até misturas de café personalizáveis, as possibilidades de produtos sob medida são infinitas, oferecendo aos consumidores uma experiência única e personalizada que ressoa com os seus gostos e preferências.

O que os vendedores ou fornecedores de alimentos e bebidas devem fazer?

Depois de conhecer as tendências da indústria de consumo de alimentos e bebidas, que medidas os fornecedores de alimentos devem tomar para aumentar a sua competitividade?

Para que os vendedores online mantenham a competitividade, devem responder ativamente a estas tendências, oferecendo aos consumidores os produtos de alimentos e bebidas (F&B) mais populares. Em primeiro lugar, podem fazê-lo investindo em investigação e desenvolvimento para criar e promover alimentos e bebidas à base de plantas. O desenvolvimento de produtos que satisfaçam o sabor e o valor nutricional, ao mesmo tempo que fortalecem a colaboração com parceiros agrícolas, garante o fornecimento sustentável e de alta qualidade de matérias-primas.

Em segundo lugar, as empresas podem satisfazer as exigências dos consumidores por produtos de saúde adicionando vitaminas, minerais, antioxidantes e outros ingredientes nutricionais. Adicionalmente, elas podem oferecer mais opções com baixo teor de açúcar, baixo teor de gordura ou livres de aditivos. Além disso, as empresas precisam melhorar a inovação tecnológica utilizando materiais biodegradáveis, reduzindo a utilização de embalagens e fornecendo opções de embalagens recicláveis ou reutilizáveis para promover a sustentabilidade.

Adote produtos proteicos alternativos e à base de plantas:

  • Desenvolver e expandir ofertas em alternativas de carne vegetal, substitutos de laticínios e outras categorias de alimentos e bebidas vegetais para atender à crescente demanda do consumidor.
  • Inovar além dos substitutos tradicionais de hambúrgueres em novas categorias de produtos, como lanches, molhos, pastas e muito mais.

Foco em produtos funcionais, saudáveis e sustentáveis:

  • Formule bebidas com adição de nutrientes, minerais, ervas e outros ingredientes funcionais para atender consumidores preocupados com a saúde.
  • Introduzir opções de “mocktail” com baixo teor de álcool e sem álcool como alternativas mais saudáveis às bebidas açucaradas.
  • Priorize ingredientes naturais e reconhecíveis e minimize o processamento para se alinhar às preferências do consumidor em termos de transparência e sustentabilidade.

Aproveite a tecnologia e os dados:

  • Utilize IA e análise de dados para identificar rapidamente oportunidades de mercado, desenvolver novos produtos e otimizar processos de inovação.
  • Adote tecnologias emergentes, como impressão 3D e personalização, para oferecer alimentos e bebidas personalizados, adaptados às preferências individuais.

Melhore a cadeia de suprimentos e as operações:

  • Resolva a escassez de mão-de-obra e investa em infraestruturas de cadeia de frio para garantir uma entrega confiável de produtos.
  • Implemente estratégias para reduzir o desperdício de alimentos, como reciclagem, compostagem e conservação de energia/água.

Enfatize a transparência e a sustentabilidade:

  • Forneça informações claras e abrangentes sobre a origem dos produtos, ingredientes e processos de fabricação para construir a confiança do consumidor.
  • Destaque práticas comerciais sustentáveis e éticas para atrair consumidores ambientalmente conscientes e diferenciar sua marca no mercado.

Qual é o futuro da tecnologia alimentar?

Impacto da tecnologia alimentar:

  1. Enfrentar os desafios globais: as inovações tecnológicas alimentares, como a agricultura celular, a agricultura vertical e a redução de resíduos, estão ajudando a enfrentar questões como a escassez de alimentos, a fome e a sustentabilidade ambiental.
  2. Crescimento do mercado: o mercado global de tecnologia alimentar deverá experimentar um crescimento significativo, expandindo de US$220 bilhões em 2019 para mais de US$345 bilhões em 2027.
  3. Transformação da cadeia de valor alimentar: a tecnologia alimentar está remodelando toda a cadeia de valor alimentar, revolucionando os processos desde a produção, passando pela distribuição até o consumo.

Tendências em tecnologia alimentar:

  1. Proteínas alternativas e à base de plantas: a crescente procura por opções vegetarianas/veganas e a consciência dos benefícios para a saúde e ao meio ambiente estão a impulsionando o crescimento de alimentos à base de plantas e proteínas alternativas.
  2. Dietas e produtos alimentares personalizados: tecnologias emergentes, como a impressão 3D e a IA, estão facilitando a criação de produtos alimentares e dietas personalizadas.
  3. Serviços e aplicativos de entrega de alimentos: os serviços e aplicativos de entrega de alimentos estão transformando a forma como os alimentos são distribuídos e consumidos, oferecendo conveniência e acessibilidade aos consumidores.
  4. Avanços na tecnologia agrícola: as inovações na robótica agrícola, na agricultura de precisão e na ciência alimentar estão melhorando a eficiência e a sustentabilidade da produção alimentar.

Texto original: Future of Food and Beverage Industry | Business Strategies for 2024
Imagem principal: Monticellllo/ Adobe Stock

AlimentoAlimentos locais e orgânicosBebidasExportaçãoTendência